Fayga Ostrower

Fayga Ostrower

Polska - 1920 - 2001

Nasceu em Lodz, Polônia em 14 de setembro de 1920. De família judia, Fayga Perla Krakowski viveu na Alemanha quando mudou-se para a Bélgica e emigrou para o Brasil em 1934.

Casou-se em 1941 com o historiador Heinz Ostrower, com quem teve dois filhos, Carl Robert e Anna Leonor (Noni). Cursou Artes Gráficas na Fundação Getúlio Vargas, em 1947, onde estudou xilogravura com o austríaco Axl Leskoscheck e gravura em metal com Carlos Oswald, entre outros.

Em 1955, viajou por um ano para Nova York com uma Bolsa de estudos da Fundação Fullbright.

A obra de Paul Cezanne exerceu grande fascínio e contribuiu para adotar o estilo abstrato, causando reação dos críticos e colegas. Realizou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Seus trabalhos se encontram nos principais museus brasileiros, da Europa e das Américas.

Recebeu numerosos prêmios, entre os quais, o Grande Prêmio Nacional de Gravura da Bienal de São Paulo (1957) e o Grande Prêmio Internacional da Bienal de Veneza (1958); nos anos seguintes, o Grande Prêmio nas Bienais de Florença, Buenos Aires, México, Venezuela e outros.

Entre os anos de 1954 e 1970, desenvolveu atividades docentes na disciplina de Composição e Análise Crítica no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

No decorrer da década de 1960, lecionou no Spellman College, em Atlanta, EUA; na Slade School da Universidade de Londres, Inglaterra, e, posteriormente, como professora de pós-graduação, em várias universidades brasileiras.

Em 1969, a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro publica um álbum de gravuras realizadas entre 1954 e 1966. A partir da década de 1970, dedica-se também à aquarela.

Publica vários livros sobre questões de arte e criação artística, entre eles Criatividade e Processos de Criação, 1978, Universos da Arte, 1983, Acasos e Criação Artística, 1990, e A Sensibilidade do Intelecto, 1998.

Em 1983, é realizada retrospectiva dos 40 anos de sua obra gráfica, no Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) e, em 1995, a exposição Gravuras 1950-1995, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de Janeiro.

Em 2001 é lançado pela GMT Editora o livro Fayga Ostrower, organizado por Carlos Martins.

Durante estes anos desenvolveu também cursos para operários e centros comunitários, visando a divulgação da arte. Proferiu palestras em inúmeras universidades e instituições culturais no Brasil e no exterior.

Fonte:
Foto: https://www.historiadasartes.com/prazer-em-conhecer/fayga-ostrower/
Texto: https://www.historiadasartes.com/prazer-em-conhecer/fayga-ostrower/

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista

4 Item(s)

  • fayga 1980
    Fayga Ostrower

    sem titulo

    Avaliação:

    De: R$2.200,00

    Preço Promocional R$1.400,00

    Por Fayga Ostrower sem titulo

    Medidas

    Altura: 82 cm

    Largura: 47 cm

    Descrição

    Técnica: Serigrafia

    Data: Década de 1980

    Assinatura: assinado

    Estado de conservação: Bom

    Origem: Brasil

  • Abstrato
    Fayga Ostrower

    Abstrato

    Avaliação:

    De: R$2.000,00

    Preço Promocional R$990,00

    Por Fayga Ostrower Abstrato

    Medidas

    Altura: 78 cm

    Largura: 57 cm

    Profundidade: 4 cm

    Descrição

    Técnica: Serigrafia

    Data: Década de 1990

    Assinatura: assinado

    Estado de conservação: Bom

    Origem: Brasil

  • fayga 1971
    Fayga Ostrower

    abstrato

    Avaliação:

    De: R$3.000,00

    Preço Promocional R$1.500,00

    Por Fayga Ostrower abstrato

    Medidas

    Altura: 52 cm

    Largura: 72 cm

    Profundidade: 3 cm

    Descrição

    Técnica: Gravura em metal

    Data: Década de 1970

    Assinatura: assinado

    Estado de conservação: Bom

    Origem: Brasil

  • fayga 1974
    Fayga Ostrower

    Abstrato

    Avaliação:

    De: R$3.000,00

    Preço Promocional R$1.700,00

    Por Fayga Ostrower Abstrato

    Medidas

    Altura: 106 cm

    Largura: 79 cm

    Profundidade: 4 cm

    Descrição

    Técnica: Gravura em metal

    Data: Década de 1970

    Assinatura: assinado

    Estado de conservação: Bom

    Origem: Brasil

4 Item(s)