Danilo Di Prete

Danilo Di Prete

- 1911 - 1985

Danilo di Prete (Pisa, Itália, 17 de junho de 1911 - São Paulo, SP, 8 de março de 1985) foi um pintor, artista visual, ilustrador e cartazista autodidata que iniciou sua carreira aos 20 anos na Itália. Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), integrou o Grupo de Artistas Italianos em Armas, ilustrando episódios da guerra na Albânia, Grécia e Iugoslávia. Sua obra desse período é marcada por um estilo figurativo com temas que incluem marinhas, naturezas-mortas e retratos. Em 1946, Di Prete emigrou para o Brasil, estabelecendo-se em São Paulo, onde inicialmente trabalhou na publicidade por quatro anos. Em 1951, participou da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, onde ganhou o prêmio nacional de pintura com a obra "Limões". É atribuída a ele a sugestão a Ciccillo Matarazzo para a criação de uma bienal nos moldes da de Veneza, uma ideia que culminaria na Bienal de São Paulo, embora esta contribuição não seja oficialmente reconhecida nas memórias de Yolanda Penteado ou pelo biógrafo Antonio Bivar. Di Prete participou de outras doze bienais e em 1965 recebeu novamente o prêmio nacional de pintura na 8ª Bienal Internacional de São Paulo.

Fontes:
Foto: https://www.guiadasartes.com.br/danilo-di-prete/obras-e-biografia

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista