Artes VisuaisCultura

Como funciona a curadoria de arte

Paula Reis por Paula Reis

Ao visitar exposições você já deve ter reparado que todas apresentam bem destacado nas fichas técnicas o nome da pessoa responsável pela curadoria da mostra. Talvez você não saiba, mas essa é uma função relativamente nova e que surgiu na década de 1950 com o crescimento do mercado de arte. Mas, afinal, o que faz um curador de arte?

Basicamente, o curador é a pessoa que pensa, prepara, organiza e monta uma exposição. Trabalhando nos bastidores, os curadores exercem uma enorme influência sobre a arte que vemos em museus e galerias e acabam por determinar as pautas sobre as quais os críticos de arte vão escrever. Hans Ulrich Obrist, curador e diretor da Serpentine Galleries de Londres define o significado da profissão em quatro pontos principais: preservar, no sentido de salvaguardar a herança da arte; selecionar os novos trabalhos; conectar à história da arte; e organizar e exibir o trabalho. Sendo assim, os curadores estão envolvidos em praticamente todos os aspectos das atividades de um museu, além de terem papel fundamental no processo de seleção e aquisição das instituições, decidindo como destinar o orçamento e quais trabalhos exibir.

Embora existam cursos de formação, não é necessária especialização para atuar na curadoria. Paulo Miyada, curador chefe do Instituto Tomie Ohtake, contou pro Blog em entrevista que é formado em Arquitetura e Urbanismo e que a curadoria surgiu em sua vida quase por acaso: “…não premeditei minha aproximação com a curadoria. Enquanto estudava na FAU-USP, decidi não me concentrar na construção de edifícios, mas sim nos outros elementos – além das paredes e estruturas físicas – que constituem os espaços de convívio. Isso me aproximou do cinema e da arte contemporânea, em uma série de exercícios e estudos. Em 2009, Agnaldo Farias, que havia sido meu professor e orientador, convidou-me para ser seu assistente de curadoria no desenvolvimento da 29ª Bienal de São Paulo. […] Depois dessa experiência, ingressei no Instituto Tomie Ohtake para coordenar seu recém-fundado Núcleo de Pesquisa e Curadoria e sigo na instituição até hoje”.

Nas suas próximas visitas a galerias e museus tente olhar além das obras e perceber o trabalho do curador e qual a mensagem ele quer fazer chegar até você!

Com informações do artigo Art Demystified: What Do Curators Actually Do?

 

Paula Reis

Paula Reis

Publicitária
Publicitária formada pela ESPM-SP, faz parte da equipe da Blombô, o primeiro marketplace de arte online do Brasil. Apaixonada por escrever e por Arte em todas as suas formas, vem produzindo conteúdo desde os primórdios da internet e se especializando em História da Arte, com cursos pelo MASP Escola, Escola Panamericana de Arte e outras instituições. Se você tem qualquer dúvida ou sugestão para o Blog, mande uma mensagem: ela também adora conhecer novas pessoas e trocar ideias!

Deixe uma resposta