Neville de Almeida

Neville de Almeida

Brasil - 1941

1941, Belo Horizonte, MG
Fotógrafo, desenhista, escultor e cineasta, também é ecologista. Residiu em Nova Iorque e Londres, nos anos 60 e 70, cineasta polêmico, dirigiu filmes censurados pela ditadura militar brasileira que nunca foram exibidos, como "Mangue bang", "Surucucu catiripapo", ambos de 1971 e "Gatos da noite", de 1973 e sucessos de público e crítica como "Os sete gatinhos", "A Dama do lotação" e "Navalha na carne". "Cosmococas" é o nome do projeto dado por Hélio Oiticica e Neville d’Almeida a uma série de obras datadas de 1973, desenvolvidas a quatro mãos, constituidas por ambientes sensoriais com projeção de slides, trilhas sonoras e diversos elementos táteis. As obras relacionam-se com a ideia de “Quasi-Cinema”, desenvolvida por Oiticica e D’Almeida, que pretendia investigar a relação do público com a imagem-espetáculo. A série tornou-se referencial para a arte contemporânea. Em Inhotim, MG, as cinco Cosmococas – "Trashiscapes", "Onobject", "Maileryn", "Nocagions" e 'Hendrix-War" – receberam um pavilhão projetado especialmente para recebê-las. As obras froam exibidas em 2003, na Galeria Fortes-Vilaça, São Paulo, SP.

Fonte:
Foto: https://ogimg.infoglobo.com.br/in/15450787-29b-6f5/FT1086A/420/2015-788074868-2015020389024.jpg_20150219.jpg
Texto: http://www.bolsadearte.com/artistas/perfil/id/409/

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista

Em breve, produtos vão estar à disposição nesta seleção!