Marjô Mizumoto

Marjô Mizumoto

Marjô Mizumoto (São Paulo, Brasil, 1988) realiza retratos a óleo que ilustram personagens do dia a dia inseridos em ambientes quase cenográficos. Suas pinturas vêm de um universo nostálgico; são como crônicas, narrativas que registram memórias de um tempo e um lugar.
A artista mistura gêneros tradicionais da pintura como o retrato e a natureza-morta a cenas cotidianas repletas de elementos e objetos do universo Pop. Com influências da pintura, fotografia e cinema, Marjô tem como principais referências artísticas, Jenny Saville, Lucian Freud, Dan Ferguson, Lou Escobar, Joseph Maddon, Quentin Tarantino e Stanley Kubrick.
Formou-se bacharel em Artes Plásticas no ano de 2010 e cursou Pós- graduação em História da Arte no período de 2014 a 2015, ambas pela Fundação Armando Alvares Penteado.
Trabalhou com artistas da cena contemporânea brasileira, como os pintores Rodolpho Parigi e Ana Elisa Egreja; e a arquiteta e mosaicista Isabel Ruas, durante a realização do painel de Candido Portinari na PUC–Rio, projeto que teve apoio de João Candido Portinari.
Algumas de suas obras integram acervos de coleções públicas e privadas, e receberam o prêmio aquisição no 14° Salão Nacional de Arte e no 25° SAV_Salão de Artes Visuais de Vinhedo. Em 2021 teve sua trajetória reconhecida e foi premiada no 11° Prêmio DASartes.

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista