Ivan Ferreira Serpa

Ivan Serpa

Brasil - 1923 - 1973

Ivan Ferreira Serpa (Rio de Janeiro, 1923 - 1973) foi um destacado pintor, gravador, desenhista e professor brasileiro. Formado em pintura, gravura e desenho sob a orientação de Axl Leskoschek entre 1946 e 1948 no Rio de Janeiro, Serpa começou a dar aulas no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ) em 1949, destacando-se por sua dedicação ao ensino de arte para crianças a partir de 1952. Publicou o livro "Crescimento e Criação" em 1954, com texto de Mário Pedrosa, explorando suas experiências educacionais.

No mesmo ano, Serpa, juntamente com Ferreira Gullar e Mário Pedrosa, fundou o Grupo Frente, que incluiu artistas como Lygia Clark, Hélio Oiticica e Lygia Pape, desempenhando papel crucial até a dissolução do grupo em 1956. Este grupo era notável pela liberdade de expressão estética, embora dominado por concretistas. Em 1957, Serpa foi agraciado com o prêmio de viagem ao exterior no Salão Nacional de Arte Moderna (SNAM) e participou da exposição Opinião 65, que marcou a emergência da neofiguração.

Sua obra varia entre o figurativismo e a arte concreta, refletindo uma oscilação que permaneceu ao longo de sua carreira. Em 1970, fundou com Bruno Tausz o Centro de Pesquisa de Arte no Rio de Janeiro, contribuindo significativamente para o desenvolvimento artístico brasileiro.

Fontes:
Foto: http://www.pinturabrasileira.com/artistas_bio.asp?cod=171&in=1

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista