Claudino Nóbrega

Claudino Nóbrega

Brasil - 1951

José Claudino da Nóbrega

1951- Nasce na cidade de São José, Sta Catarina

1958- Muda-se com sua familia para São Paulo

1965- Faz curso de restauração e pintura com Giovanna Parisi.

1966- Começa a trabalhar no antiquario de seu pai fazendo restauros de Arte Sacra e pinturas classicas.

1967- Faz aulas de pintura com o artista plastico Rodrigo de Haro desenvolvendo noções de pintura contemporanea.

1967- Participa de exposição coletiva na Galeria Azulão, São Paulo.

1969- é convidado pelo Sr. Luiz Henzi Gonzaga, então restaurador do MASP para ser seu assistente.

1973- Entra em contato com os artistas Willys de Castro e Hercules Barsotti, que o introduzem a pintura moderna e posteriormente ao concretismo.
- Abre uam Galeria especializada em objetos Art-Deco e pinturas modernistas.
- Paralelamente continua seus estudos de pintura com os artistas citados.

1975- Começa a desenvolver uma pintura ligada ao regionalismo, porem, com um enfoque contemporaneo.

1978- O marchand Roberto Rugiero passa a divulgar e expor suas obras em diversas coletivas.

1981- Viaja para o Perú e visita o atelie Medievel em Cuzco e o atelie Velazquez em Lima, ambos remanescentes do periodo colonial, ali faz um estagio onde aprende as tecnicas seculares de preparo de fundos e veladuras.
1982- Produz algumas serigrafias na tecnica pontilhista. Interessa-se por essa tecnica e pesquisa o pontilhismo frances e e linguagem litografica das ilustrações do começo do seculo XX.

1984- Exposição individual na "A Ponte Galeria de Arte" SP.

1985 até 1988 - Tem seu trabalho reconhecido pelo mercado de arte e passa a fazer parte do acervo das seguintes galeria: A Ponte Galeria de Arte-SP; Galeria Seta-SP; Galeria Cosme Velho-SP; Paulo Vasconcelos Galeria de Arte-SP; Galeria Marilia Razuk-SP; Oscar Seraphico Galeria de Arte-Brasilia; Marques Galeria-SP.

1988- Tem seu nome e biografia inseridos no Dicionario Critico da Pintura no Brasil (pag. 356)

1989- Volta a pesquisar (ainda com a técnica pontilhista) pintura abstrata. Neste mesmo ano Leon Kossovich, professor de estética da USP, publica um texto na revista do departamento de filosofia sobre seu trabalho. Com o titulo: "A Luz em Claudino"

1990- Começa a dedicar-se ao estudo da história Paulista.

1998- Desenvolve uma pintura inspirada na história paulista com foco no rio Tietê.

2003- Exposição individual em 25 de Janeiro intitulada: "Homenagem a São Paulo" no museu Brasileiro da Escultura (MUBE) essa mesma exposição percorreu algumas cidades ribeirinhas do rio Tiete: Cabreuva, Santana de Parnaiba, e Bariri.

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista

Em breve, produtos vão estar à disposição nesta seleção!