Alberto Baraya

Alberto Baraya

Colombia - 1968

Vive e trabalha em Bogotá.
Estudou pintura na Universidad Nacional de Colombia de 1987 a 1992. Mais tarde, em 1995, formou-se mestre em Estética e Teoria da Arte na Universidade Autónoma y Complutense de Madri. Em suas fotos, vídeos, objetos encontrados e desenhos, Alberto Baraya parodia a exploração colonial e seus ecos nas relações mundiais contemporâneas. Na década de 1990, produziu autorretratos irônicos, destacando a maleabilidade da identidade pela inclusão de referências a obras de arte consagradas. Desde 2001, Baraya se define como um “viajero”, em referência aos viajantes europeus dos séculos 18 e 19 que empreendiam expedições botânicas em nome da ciência e a serviço da colonização.

Em seu projeto “Herbário de plantas artificiais”, Baraya segue os passos daqueles pseudocientistas, coletando, catalogando e expondo plantas artificiais. “Ao coletar flores de plástico na rua, me comporto como os cientistas que a educação ocidental espera que nos tornemos”, explica o artista. “Ao modificar os objetivos desta... tarefa, resisto a esse ‘destino’. Naquele momento, todas as pressuposições são questionadas, até mesmo a história”.
Seus trabalhos foram apresentados em inúmeras bienais, entre elas a 10ª Bienal do Mercosul em Porto Alegre, Brasil (2015); 8ª Bienal de Berlim (2014); 9ª Bienal de Shanghai, na China (2012); 11ª Bienal de Cuenca, no Equador (2011); 53ª Bienal de Veneza, na Itália (2009); 27ª Bienal de São Paulo, no Brasil (2006); 1ª Bienal de Medellín, na Colômbia (1997); Bienal do Caribe em Santo Domingo, na República Dominicana (2003); e 4ª Bienal de Bogotá, na Colômbia (1994). Baraya realizou individuais em instituições como o Frost Art Museum, em Miami; Indianapolis Museum of Contemporary Art; Museo de Arte Moderna de Bogotá; e Palais de Tokyo, em Paris. Participou de coletivas no Museum of Latin American Art – MOLAA, em Long Beach; Fundación/Colección Jumex, na Cidade do México; Bronx Museum, em Nova York; Institute of Contemporary Art, na Philadelphia; e Fundació Joan Miró, em Barcelona.

Fonte:
Foto: http://static.pechakucha.org/pechakucha/uploads/user/avatar/526825f7dbdd20cc53000003/profile_alberto-baraya-2.jpg
Texto: https://nararoesler.art/artists/28-alberto-baraya/

Obras do Artista

Confira a seleção de obras deste artista

4 Item(s)

  • Alberto Baraya

    Herbario de plantas artificiales / Nova Brasiliensis

    Avaliação:

    R$72.540,00
    Por Alberto Baraya Herbario de plantas artificiales / Nova Brasiliensis

    Medidas

    Altura: 112 cm

    Largura: 81.5 cm

    Profundidade: 9 cm

    Descrição

    Técnica: Outra

    Data: Anos 2000

    Estado de conservação: Bom

  • Alberto Baraya

    Estudos comparados modernistas: Athos Bulcão - Brasília & Phalen...

    Avaliação:

    R$24.310,00
    Por Alberto Baraya Estudos comparados modernistas: Athos Bulcão - Brasília & Phalen...

    Medidas

    Altura: 60 cm

    Largura: 84 cm

    Descrição

    Técnica: Outra

    Data: Anos 2000

    Estado de conservação: Bom

  • Alberto Baraya

    Herbario de plantas artificiales - Expedición Venezia - Flor Tricolor

    Avaliação:

    R$33.480,00
    Por Alberto Baraya Herbario de plantas artificiales - Expedición Venezia - Flor Tricolor

    Medidas

    Altura: 60 cm

    Largura: 45 cm

    Descrição

    Técnica: Outra

    Data: Anos 2000

    Estado de conservação: Bom

  • Alberto Baraya

    Estudos comparados modernistas: Catedral - Brasília & Escoba seca

    Avaliação:

    R$16.500,00
    Por Alberto Baraya Estudos comparados modernistas: Catedral - Brasília & Escoba seca

    Medidas

    Altura: 62.7 cm

    Largura: 86.7 cm

    Descrição

    Técnica: Outra

    Data: Anos 2000

    Estado de conservação: Bom

4 Item(s)